<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, March 16, 2004

Passo a Passo 

A Lara já deu os primeiros passos sozinha na fisioterapia.
Total Angariação: 9,700.00 €
Total Necessário: 15.000.00 €

Menino Azul já tem Site 

Passem por ! Ao fazer o registo (gratuito!) já estão a ajudar o Emanuel. Já há quadros on-line permitindo a sua compra. Para além disso há um fórum e pormenores sobre esta doença rara.

Friday, March 12, 2004

Cabelos Solidários 

Há uns meses atrás li uma reportagem sobre esta associação no Expresso. Fiquei impressionada. Não só pelo sofrimento de muitos jovens mas, também, pela generosidade de muitos outros jovens que fazem as doações. Locks of Love é um site de uma associação sem fins lucrativos que recebe doações de cabelo. Cabelo, é verdade!!! A LOL (Locks of Love) produz próteses capilares para crianças e adolescentes com calvície permanente (ex: casos de queimaduras, radiação cerebral ou de alopécia areata). Deve ser doloroso não só física como psicologicamente o impacto que é não ter cabelo. Se as crianças são muitas vezes cruéis pela sua sinceridade brutal gozando com este porque tem o nariz comprido ou com o outro que é fanhoso... deve ser devastador para estas crianças e adolescentes verem-se, de repente, sem cabelo. A LOL recebe cerca de 100 doações diárias. Para fazer uma cabeleira são precisos cerca de 12 rabos de cavalo e muitos meses de paciência pois é um processo longo: a prótese inclui um molde de silicone que se prende ao escalpo por vácuo permitindo muita liberdade de movimentosEm Portugal, não existe nenhuma associação como esta mas nas Páginas amarelas descobri que existe uma loja que comercializa cabeleiras postiças: Casa Princesa (e-mail: casaprincesa@iol.pt) em Lisboa.
P.S.->Nas fotografias, lá em cima,é possível ver o impacto visual do antes e do depois. Aqui ao lado, estão duas crianças agarrando o rabo de cavalo acabado de cortar e que vão doar à LOL.

Friday, March 05, 2004

Ajudar a Lara  

Vai realizar-se um espectáculo para ajudar na angariação de fundos para a Lara em Arruda dos Vinhos no próximo dia 14/03/2004. É organizado pela Rádio Vida (97.1 FM) em parceria com os pais da Lara.
Artistas presentes:
OS CARRAPATOS(TOZÉ MORAIS) / EDUARDO SANTANA
IN´PREVISTUS / TANIA E DAVID / SANDY
JOSÉ MANUEL CONCHA / LURDES SANTANA
VITOR SILVA / LUNA BASTEZ / KURIAKOS / SUBLIME

Total Angariação: 8,430.00 €
Total Necessário: 15.000.00 €

"O Menino Azul e Verde das Ilhas de Bruma  

Era uma vez um Menino. Um Menino de três anos. Não era como outro qualquer pois o Menino apesar de ter uma Mãe e um Pai era um Menino diferente. Era um Menino da cor das suas ilhas. Um Menino Azul e Verde. A “tetrologia de Fallot” coloria-o de Azul dos céus e do mar, enquanto que o “Síndroma de LLargil” lhe conferia a cor verde dos pastos e das lagoas. (...) O Menino gostava de brincar e correr mas cansava-se rápido, o seu coração pequenino não aguentava as batidas e a vontade de querer ser como os outros Meninos. O Emanuel, “Deus connosco”, não compreendia porque que era diferente dos outros meninos, porque que tomava tantos “remédios”, porque tinha tantos aparelhos no seu quarto e porque que tantas e tantas vezes tinha os Senhores da Bata Branca à sua cabeceira, porque a sua Mãe aprendeu a cuidar dele como cuidavam no Hospital para que ele não estivesse tanto tempo longe dela. Os dias passavam difíceis e iguais nas Ilhas de Bruma. Enquanto o Emanuel lutava diariamente para viver e correr pela vida como qualquer criança, a Mãe Helena lutava, como uma guerreira helénica, com os senhores da Ilha de Bruma, apenas queria conseguir para o seu Menino uma Vida à beira-mar plantada apesar das duas doenças raras e fatais. As difíceis e quase inteiras noites de vigília davam-lhe forças para continuar na sua luta em busca de um pouco de felicidade, na luta contra o sistema fechado e mesquinho de monopólios. Um dia o Menino Azul voou definitivamente das ilhas para uma cidade do Minho onde vive feliz a cada dia que passa. Veio com a sua “guardadora de sonhos e de vida” tentar viver a vida digna que a Constituição proclama no seu artigo 69.º «As crianças têm direito à protecção da Sociedade e do Estado, com vista ao seu desenvolvimento integral» e no seu artigo 71.º «O Estado obriga-se a realizar uma política racional e de tratamento, reabilitação e integração dos deficientes, etc, etc.».
Um dia a Mãe do Menino Azul cansou-se de lutar contra o monopólio dos barões das Ilhas de Bruma. Não quis que o seu Menino da cor do céu e do mar das ilhas que ama chegasse à costa em algas verdes e azuis, tão verdes como os pastos das ilhas e tão azuis como o céu no meio do atlântico porque a partir desse dia, nas praias de areia negra surgiriam também algas vermelhas tão vermelhas como o sangue que lhe corre nas veias. A Mãe e o Menino Azul e Verde da cor das Ilhas de Bruma viverão nos corações de todos os que conhecem e vivem a sua história. Talvez um dia, um dia muito longínquo, deitarei pétalas, pétalas de rosas brancas nas praias do norte para se misturarem às algas, às muitas algas azuis, verdes e vermelhas que existirão em todo o Atlântico." (mais pormenores no Blog da G. ( Canto do Melro) que é amiga da mãe deste lindo Menino Colorido.) Há umas semanas atrás, fiz um post aonde divulgava a exposição de pintura da Helena, ainda hoje vi a reportagem no Jornal da SIC... abanei a cabeça... vieram-me as lágrimas aos olhos. Agora cruzo-me com este terno post.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

<$BlogRSDUrl$>